Escola bilíngue

Qual a diferença de Escola bilíngue e Escola Internacional?

Muitas empresas hoje em dia possuem como exigência o domínio de um segundo idioma, outras exigem até mais idiomas. 

Além disso, se você pretende ingressar em um curso de Mestrado precisa dominar um segundo idioma para fazer o exame TOEFL, doutorado um terceiro idioma e assim sucessivamente e, diante disso, procurar uma escola bilingue é fundamental.

No caso de crianças e adolescentes, o segundo idioma é visto pelos pais como uma forma de aumentar e melhorar o desenvolvimento de seus filhos, pois o inglês ou espanhol aprendido nas escolas é básico.

Pensando nesses e outros problemas, neste artigo você aprenderar a diferenciar uma escola bilingue de uma escola internacional, além de saber qual é a mais apropriada para o seu caso.

O que é a escola bilíngue?

A escola bilíngue, assim como o próprio nome já diz, é uma escola voltada para o domínio de dois idiomas (normalmente português e inglês, mas podem ser outras duplas).

Além disso, ela segue o calendário brasileiro, isto é, as aulas iniciam em fevereiro, pausa para as férias de julho, voltam no fim de julho ou meados de agosto e terminam em dezembro.

As disciplinas de uma escola bilíngue seguem o padrão das diretrizes de educação brasileira previstas na lei, no entanto, mesmo as disciplinas seguindo as diretrizes de educação, o ensino se dá majoritariamente no segundo idioma.

Ainda vale ressaltar que os alunos em uma escola bilíngue não precisam sair e se locomover para outro local.

Por fim, uma escola é considerada bilíngue se atender três requisitos:

  • Quantidade de aulas/horas diárias (mínimo, 2h);
  • Programa de ensino diversificado;
  • Interdisciplinaridade;

9 canais do YouTube para aprender inglês de graça, conheça: https://vaidebolsa.com.br/canais-para-aprender-ingles/

Exemplos de escolas bilíngues no Brasil:

Os exemplos de escolas bilíngues aqui no Brasil são principalmente as escolas particulares como Dom Bosco, Objetivo, entre outras famosas. 

No entanto, de uns anos para cá, outras escolas bilíngues foram ganhando território no país, então o que vale destacar na hora de escolher uma delas são os professores qualificados, valores, entre outros pontos que falaremos mais a frente.

Escola bilíngue

O que é uma escola internacional?

As escolas internacionais seguem o famoso calendário estadunidense. Lá, as aulas se iniciam em agosto.

Além disso, assim como as escolas bilíngues, os conteúdos são ministrados a maior parte no segundo idioma, com a grade estipulada pelo Ministério da Educação sendo respeitada. 

O diferencial é que o ensino vai além, pois as escolas internacionais importam conteúdos ensinados no exterior.

As escolas internacionais também exigem um percentual mínimo de professores estrangeiros (de preferência nascidos no país de origem da escola). 

Os materiais didáticos, boletins e avaliações entregues são no idioma do país.

Essas escolas são um atrativo para filhos de estrangeiros que moram no Brasil. 

Com isso, há uma troca de conhecimentos e idiomas bem recorrente e importante para as crianças.

Exemplos de escolas internacionais:

Apesar de não serem tão conhecidas no país, as escolas internacionais possuem várias unidades no estado de São Paulo.

Além disso, estão localizadas também em outros estados como Minas Gerais, Santa Catarina, Rio de Janeiro, dentre outros.

Qual escola devo escolher para meu filho?

Na hora de escolher uma escola para o seu filho é preciso levar alguns fatores em consideração tais como:

  • Quanto posso pagar?
  • Meu filho pode ficar no contraturno na escola? (Algumas escolas bilíngues, por exemplo, exigem atividades extracurriculares);
  • Qual a metodologia de ensino aplicada nas escolas?
  • Quais os materiais que serão utilizados durante o ensino?
  • Qual a distância da escola?

Com base nesses fatores, você conseguirá escolher uma boa escola bilíngue ou internacional para seu filho.

Agora, se está procurando uma escola onde seu filho possa interagir com crianças de outros países ou prefere que ele inicie os estudos com base no calendário estadunidense seja por “n” motivos, o ideal é que escolha uma escola internacional.

Pois, além desses itens mencionados, há um percentual de professores estrangeiros capacitados para ensinar seus filhos.

Na hora de escolher a escola internacional também é importante analisar os pontos destacados acima, além de consultar se a sua cidade possui uma escola internacional, pois são poucas as cidades que possuem uma até então.

Vou realizar o exame TOEFL, qual escola devo escolher para me preparar?

Você, graduando que pretende cursar um mestrado, deve se atentar ao exame TOEFL.

O exame consiste que você demonstre conhecimento em algumas áreas como Writing (escrita), Reading (leitura), Listening (ouvir) e Speaking (conversar).

Além disso, a seção de Writing é considerada a seção chave da prova.

Para esse caso em específico, você deve procurar as escolas de idiomas que oferecem cursos voltados para o exame como: Microlins, CCAA, Wizards, Fisk, dentre outras.

Escola bilíngue

Conclusão:

Diante do que foi exposto nesse artigo, agora você já sabe como escolher entre uma escola bilíngue e uma escola internacional. 

E em alguns casos em específico, uma escola de idiomas.

Portanto, se ainda resta alguma dúvida sobre uma escola bilíngue, internacional ou de idiomas, deixe seu comentário e aproveite para compartilhar esse artigo nas redes sociais. 

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *